sábado, 18 de maio de 2013

Simão Jatene x Helder Barbalho em 2014



O título deste post parece ser o centro da discussão política ao Palácio dos Despachos em 2014. O atual governador tucano Simão Jatene, que se tudo ocorrer bem até lá, deverá concorrer e buscar a reeleição. O adversário que aparece mais visível é o ex-prefeito de Ananindeua Helder Barbalho do PMDB, atual presidente da FAMEP (Federação de Associações de Municípios do Pará), instituição que defende os interesses municipais no Pará. 


O PMDB de Helder ainda se mantém na base de Jatene, mesmo com o direcionamento de duras críticas ao governador. Os veículos de comunicação dos Barbalhos já voltam toda a sua artilharia ao Palácio dos Despachos em uma clara intenção de fazer ruir a já baixa popularidade de Jatene. A ruptura com a base do governo é uma questão de tempo e deverá acontecer nos próximos meses. O governador não pedirá a retirada do partido de seu governo, cabe a Jáder decidir o tempo de permanência e o desembarque oficial.

Depois de decidir as últimas eleições no Pará, a favor de petista e tucanos, o PMDB se apresenta na próxima disputa mais forte com um nome mais conhecido, diferentemente de outras eleições que o objetivo peemedebista era apenas forçar um segundo turno e decidir nele em que apoiar em troca das benesses políticas já conhecida. 


Dessa vez o processo é diferente. Jáder com toda a sua experiência política, sabe que o cenário é favorável por vários fatores: Jatene com baixa popularidade e com um governo que não decolou; um PT fraco e sem maiores pretensões na disputa e agora Jáder conta com um nome forte dentro do PMDB.


Helder poderá ter boas chances por ser presidente da Famep e ter rodado quase todos os municípios paraenses como mandatário da entidade. Ganhou vários apoios (leia-se prefeitos, importantes cabos eleitorais) nesse processo. Seu eleitorado ainda está restrito a RMB, mais precisamente Ananindeua, município que geriu por dois mandatos. Em jogada de mestre Jáder vem preparando Helder para ser governador, isso incluiu a sua presidência da referida federação.


O que pesa contra Helder é o que carrega desde quando nasceu: o sobrenome Barbalho. A cada eleição, seu pai, Jáder, perde votos pelo estado do Pará. Isso poderá ser estendido também ao seu filho, muito mais pela desconfiança e desconhecimento a nível estadual do que pelo histórico pessoal político.


A definição para governo em 2014 deverá ficar restrita ao PSDB x PMDB, o PT passará a ser coadjuvante por dois motivos: falta de um nome competitivo e os acordos firmados em Brasília, muito mais favoráveis ao PMDB na questão do executivo do que ao próprio PT. E ao PT o que sobraria? A disputa pela única vaga ao senado. Acordos são acordos...

7 comentários:

  1. para mim esse cara não ganhar ele e o pai dele pior ladrão de todos .... tem muito ladrão mais consentero pior de todos...

    ResponderExcluir
  2. É importante o eleitor entender que nenhum dos dois trarão melhorias para o estado e explico o porque: Helder Barbalho está colocando em prática o assistencialismo com um programa "Helder Barbalho no meu Bairro" difundido atráves da Rádio Clube na RBA de propriedade do pai dele e com isso está manipulando muitas pessoas pelo interior do Pará e Região Metropolitana com assistencia medico-hospitalar e serviços sociais e para quem bem analisa a politica no estado do Pará nos dois mandatos dele na prefeitura de Ananindeua ele manteve um assistencialismo similar ao está fazendo agora para poder disviar verbas de obras importantes nessa cidade e financiou com verbas da Prefeitura a ida de equipes de radialismo da RBA para fazer a cobertura das copas do mundo de 2006 e 2010 fora outras foucatruas. Já o tucano Simão Jatene desde quando assumiu o governo em 2010 só faz investimentos em retribuição aos investimentos de empresários da sua campanha, deu continuidade a politica do antigo Governador Almir Gabriel que incentivou o crescimento de empresarios de Educação e Saúde, por isso não investe nessas duas áreas e todos os anos que tem greves de trabalhadores destas duas classes ele não atende reivindicações, pois se não perdera beneficios dos empresários desses setores. Portanto o eleitor tem que mudar a sua mentalidade , pois enquanto estiver no governo PMDB, PSDB ou PT, estes não trarão mudanças significativas, pois mantem um jogo politico que só enrriquece a eles próprios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos eleger um novo governador. Esse que ta ai e pior de todos. Arrogante e fascinora. Nao adianta continuar com essa turma de tucanos. São pessimos pra professpres e funcionarios em geral. Descanse em paz Jatene!

      Excluir
  3. Acredito que jatene leve essa eleiçao d novo. Pois o psdb sempre foi melhor pro para chega da bandidagem do pt e pmdb ja basta aquela velha dilma no comando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sabe de nada inocente!!! vc é mais um que quer ver o pará totalmente mal falado e totalmente no buraco

      Excluir
  4. PARA MIM O JATENE FOI E SEMPRE SERÁ O PIOR GOVERNADOR DESSE ESTADO É UM CARA QUE NÃO TEM COMPROMISSO COM O POVO PARAENSE, VC PODE TIRAR PELAS CONDIÇÕES Q VIVE NOSSO ESTADO AO LONGO DO SEU GOVERNO.O PARÁ CAIU MUITO DEPOIS Q ESSE GOVERNADOR DO DESPACHO ASSUMIU O GOVERNO PREFIRO VOTAR NO HELDER DO QUE PASSAR MAIS QUATRO ANO VENDO O POVO DO PARÁ NA PEIA,VOTE PELA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE , E PELA UMA SAÚDE PUBLICA DIGNA!!!

    ResponderExcluir
  5. votar no jader filho ou jatene velho,, quem é o pior?

    ResponderExcluir